Newsletter

Introdução

eBRIDGE - Mobilidade Urbana 2020: capacitar as frotas eléctricas nas cidades Europeias

A mobilidade é uma necessidade universal e o motor do desenvolvimento económico. As cidades Europeias têm de permitir o movimento diário de milhares de pessoas e bens, tornando a vida urbana uma experiência excitante, mas ao mesmo tempo desafiante. O congestionamento, má qualidade do ar, ruído e os constantes atrasos fazem parte das nossas rotinas comuns enquanto cidadãos urbanos, claramente reduzindo a qualidade de vida e aumentando os custos. Mas, no projecto eBRIDGE pensamos que existem alternativas mais inteligentes para nos movimentarmos nas cidades, e podemos chamar-lhes de Mobilidade Urbana 2020.

O projecto eBRIDGE é um projecto Europeu co-financiado, para promover as frotas eléctricas para as deslocações urbanas nas cidades Europeias. O objectivo é o de encaminhar a inovação e as novas tecnologias para transformar a mobilidade de hoje numa mobilidade mais limpa, eficiente e sustentável.

Ao longo do projecto eBRIDGE iremos explorar as alternativas aos nossos actuais padrões de mobilidade e descobrir se a mobilidade eléctrica é uma opção viável, capaz de tornar as cidades mais habitáveis, oferecendo às pessoas serviços de mobilidade de elevada qualidade e uma vida agradável.

Sobre o que trata o eBRIDGE?

Embora os veículos eléctricos cumpram todos os requisitos para estar entre os jogadores mais importantes num sistema de transportes urbano de um futuro próximo - eles são limpos, eficientes, silenciosos e implicam baixos custos de funcionamento - barreiras significativas para a maior difusão e utilização dos veículos eléctricos continuam por ser tratadas, entre elas a baixa aceitação do utilizador e os custos de aquisição mais elevados em comparação com os veículos convencionais.

No entanto, sob determinadas condições e com a definição de políticas certas, por exemplo, uma percentagem crescente das fontes de energia renovável no mix Europeu de electricidade, e trazendo conceitos inovadores de mobilidade aos ambientes urbanos, os veículos eléctricos podem ajudar a quebrar este impasse e a contribuir para avançar em direcção à mobilidade sustentável. Neste contexto, o projecto eBRIDGE pretende demonstrar como a introdução de veículos eléctricos em frotas para as viagens urbanas privadas e profissionais, podem eficazmente contribuir para a melhoria das condições de mercado para o sector da mobilidade eléctrica.

Pretendemos electrificar as frotas urbanas e encorajar a mobilidade urbana entre os utilizadores individuais e os gestores de frota de empresas privadas e entidades públicas ao fornecer o melhor serviço e envolvendo-os através de campanhas de marketing dirigidas e promoções.

O projecto iniciou-se oficialmente em Abril de 2013 e terminará em Março de 2016. Sete estudos de caso - chamamos-lhes “Impulsionadores da Mudança” - com condições inicias heterogéneas asseguram um resultado de amplo espectro.

Berlim, uma selecção de municípios Austríacos, Vigo, Valencia, Milão, Lisboa, e Carmarthenshire estão a desenvolver acções para optimizar o desempenho operacional de uma frota, teste e desenvolvimento de soluções para aumentar a conveniência e uso de uma oferta de car sharing, e por último, sensibilizar os grupos-alvo e outros agentes relevantes através de abordagens de marketing sobre a adequação da mobilidade eléctrica para o transporte urbano e viagens pendulares.

A Equipa

A equipa do projecto envolve 13 parceiros provenientes da Alemanha, Áustria, Espanha, Itália, Portugal e Reino Unido. Entre estes encontram-se peritos técnicos, académicos, associações, entidade públicas, fornecedores de serviços de mobilidade e operadores de transporte público e serviços de car sharing.

Os Resultados

Os resultados do projecto eBRIDGE estão orientados para envolver os gestores de frota e os utilizadores individuais na mobilidade eléctrica:

  • eBRIDGE Start Up Kit: Directrizes + Ferramentas para auxiliarem os actores chave com a implementação de veículos eléctricos nas suas frotas, bem como medidas de optimização para aumentar o desempenho global.
  • Aumento do número de decisores em empresas, autoridades locais, instituições e outros agentes interessados na introdução de veículos eléctricos nas suas frotas e/ou iniciar uma frota eléctrica.
  • Melhoria da atitude face à mobilidade eléctrica: condutores no geral, e independentemente do objectivo da sua viagem, estarão mais confiantes na utilização de veículos eléctricos e introduzirão a oferta da mobilidade eléctrica na tomada de decisão diária no que repeita às deslocações.
footer